outubro 20, 2012

No aniversário do meu marido, quem ganhou o presente fui eu !!! Conto Erotico da usuária Lady-M


No último aniversário do meu marido, ele resolveu sair pra jantar com mais 4 amigos do trabalho e, como geralmente acontece, acabei ficando sozinha mais uma vez. É claro que, pra uma mulher de 42 anos como eu, essa desculpa de que iria comemorar com os amigos em um restaurante já não me iludia mais, logicamente ele estava indo pra gandaia... e isso me deixava puta de raiva.

Só de imaginar o que e ele e os amigos estariam fazendo já ficava com dor de cabeça. Tentei não ficar pensando nisso e liguei pra minha amiga Julia, perguntando se ela não estava afim de fazer alguma coisa, porque em casa eu não ficaria de jeito nenhum. Pra minha surpresa ela estava livre e disponível naquela noite e combinamos dela passar na minha casa depois de 40 minutos e me pegar pra gente sair.

Deu o horário e a Júlia e eu fomos pra uma danceteria que já frequentávamos fazia alguns anos e adováramos. Sentamos no bar e começamos a conversar e beber. Até esqueci que havia levado um bolo do próprio marido naquele noite, a conversa estava realmente muito boa e eu aproveitava cada momento daquela escapada.

Mais ou menos depois de uma hora que estavamos ali, sentou ao nosso lado um homem de meia idade lindo, barbas por fazer, um pouco grisalha, assim como seu cabelo. Devia ter uns 50 anos, cheirava muito bem e estava muito bem vestido também, não teve como nós duas não olhar e depois comentar sobre ele.

Voltamos ao nosso papo e de vez em quando eu olhava pro lado e acabava dando de cara com o homem, que também me olhava e as vezes sorria, gentilmente. Já estava vendo a hora daquele homem vir falar com a gente e quanto menos esperei ele realmente veio e se apresentou. Se chamava Roberto, era arquiteto, separado e perguntou o que duas mulheres lindas faziam sozinhas naquele lugar.

Disse pra ele que estava bebendo pra esquecer da infelicidade daquela noite e minha amiga tinha vindo pra me acompanhar e se distrair um pouco também.

Bom, conversa vai, conversa vem, comecei a ficar muito interessada por aquele homem espetacular. Me pegava flertando com ele durante o papo e até a Júlia percebeu meu interesse. Não sei se foi a carência ou se realmente rolou uma química boa entre a gente, mas, acontece que eu nunca tinha me relacionado com outro homem depois que me casei. Mas, apesar de nervosa com a situação, estava confortável ao lado do Roberto.

Lá pelas 10 da noite, eu havia tomado minha última cerveja e disse ao Roberto que a Júlia e eu estávamos indo embora. Ele ficou muito chateado e disse que adoraria ficar ali mais tempo conversando com a gente e que estava adorando a companhia. Mas eu disse a ele que estava de carona com ela e precisava ir porque minha amiga acordaria muito cedo pra trabalhar.

Foi aí que a Júlia virou pra mim e me surpreendeu perguntando porquê eu não ficava então mais um pouco, que tinha certeza que o Roberto me levaria embora em segurança. Eu fiquei assustada e disse que não, jamais confiaria pegar carona com um cara que acabara de conhecer. O Roberto disse que tinha achado a idéia ótima, pra eu ficar tranquila que ele era um homem de bem e nada de mau me aconteceria. 

Eu sei que meu tesão estava dizendo pra ficar ali com ele, mas meu medo mandava eu ir embora. Porém, com tanta insistência das duas partes, decidi ficar mais um pouco, mas iria embora de táxi e não de carona.

Decisão tomada, Júlia se despediu da gente e foi embora e eu fiquei ali, totalmente desconcertada, ao lado do homem por qual estava sentindo uma imensa atração, parecia uma menina no tempo de escola. Pedi mais uma cerveja, o que me ajudou a ficar um pouco mais relaxada e continuamos o papo.

A certa altura da conversa, o Roberto começou a me galantear dizendo que eu era linda, que logo que me viu ficou atraído por mim e que desejava me conhecer melhor. Fiquei sem graça, disse que era casada, que a gente só poderia ser amigos, mas acho que mesmo sem dizer nada, meu olhar, meu corpo, meus hormônios diziam o contrário pra ele. Tanto que ele chegou bem perto de mim e puxou minha cabeça pra perto da cabeça dele e me tascou um beijo inesperado e delicioso.

Fiquei sem ar, como aquele homem beijava gostoso. Os bicos dos meus seios endureceram na hora, fiquei toda arrepiada. Cheguei mais perto dele e pedi mais... queria sentir aquela boca novamente na minha. Estava toda molhada, o tesão tinha me tomado por completa.

Percebendo isso ele levantou e me puxou, dizendo pra irmos embora, que ele queria ficar comigo em um lugar mais tranquilo. Aquilo me deu um medo danado e uma excitação que eu nunca havia sentido, o perigo e  sensação de estar traindo meu marido com outro homem me deixavam extasiada.

Já fora do bar, entramos em seu carro que estava parado numa rua deserta e começamos a dar uns amassos. Senti sua mão percorrer meu corpo inteiro enquanto me beijava. Ele tocava meus seios, acariciava minhas pernas, apertava minha bunda, meu Deus, quanto tesão eu estava sentindo. Resolvi então entrar de cabeça nessa loucura e comecei a passar a mão em seu peito, suas pernas, até chegar em seu pau e sentir que ele estava totalmente duro e era bastante grande.

Fiquei apalpando aquela rola deliciosa morrendo de vontade de sentí-la inteirinha em mim. Olhei em volta, pra rua, só pra me certificar que estavamos sozinhos mesmo e então abrí o zíper da sua calça e tirei pra fora da cueca seu pinto grande e duro, que estava pulsando de tanto tesão, e comecei a punhetá-lo bem lentamente. O Roberto gemia baixinho e a essa altura já estava metendo os dedos na minha xoxota molhada e quente.

Que loucura, acabara de conhecer aquele homem e estava numa verdadeira sacanagem com ele. Me sentia safada, despudorada, uma verdadeira puta. Sem pensar duas vezes, abaixei em seu colo e caí de boca no pau dele, chupando desde a cabeça até seu saco. Punhetava ele, babava na rola todinha, mordiscava, lambia, enfim, dei um banho de língua tão grande nele que senti ele puxando meus cabelos pra eu parar, porquê senão ele não iria aguentar e gozaria rápido demais.

Depois que levantei, ele levantou minha saia e tirou minha calcinha. Pediu pra eu virar de costas pra ele pois queria me comer. Eu não aguentava de vontade de dar pra ele então virei rapidinho e deixei a bucetinha bem próxima do seu pau. Ele se ajeitou no banco e colocou a cabeça do pau na entrada da minha buceta e nem precisou forçar muito haja vista o tanto que eu estava lubrificada. ele me segurou pela cintura e começou um vai e vem delicioso, metendo a rola inteira em mim, num ritmo perfeito e sem parar. Bastou alguns minutos de metida e ainda mais com as mãos deles apertando meus peitos enquanto beijava meu pescoço, eu não aguentei e gozei alucinadamente. Molhei todo o banco do carro e gemi tão alto que fiquei com medo dos vizinhos da rua acordarem pra ver o que estava acontecendo.

Nessa hora comecei a ficar com medo da loucura que estavamos fazendo e comecei a rebolar bem rápido na rola dele pra ele gozar logo. E foi o que aconteceu, depois de um tempinho rebolando na pica dele senti que ele ia gozar e empurrei o pau dele ainda mais pra dentro da buceta e contemplei aquele homem delicioso gozando bem gostoso dentro de mim, enchendo a camisinha de porra quente e branquinha.

Refeitos, coloquei minha roupa e disse que precisava ir embora. Pedi pra ele me deixar na avenida próxima dali pra eu pegar o táxi e fui pra minha casa feliz e realizada. Meu marido chegou muito tarde e nem imagina a foda maravilhosa que tive com outro homem naquela noite. É claro que repetimos algumas vezes e transamos em motel, na casa dele, chupei ele enquanto dirigia, várias loucuras.

Hoje estou realmente muito tranquila com minha opção de sexo fora do casamento, sem qualquer grilo ou remorso. Tenho vários amigos na internet, os quais conheci em sala de bate papo e sites de encontros e de vez em quando agradeço pelas saídas do meu marido com os amigos dele, pois assim posso realizar todos os meus desejos mais profundos com esses machos deliciosos.

Beijinhos e até mais.

Lady-M

17 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá como vai vc adoraria conhecer melhor vc.sou Cesar de Ananindeua moreno claro 1.69alt 67 kg 36 anos,euevc69gostoso2015@hotmail.com ou ligue 981973339 adoraria conhecer melhor vc

    ResponderExcluir
  3. Mulheres que quiser entra em contato olha o zap zap ae 61 93445036 Chegue$$ kkkk

    ResponderExcluir
  4. Mulheres que quiser entra em contato olha o zap zap ae 61 93445036 Chegue$$ kkkk

    ResponderExcluir
  5. Mulheres que quiser entra em contato olha o zap zap ae 61 93445036 Chegue$$ kkkk

    ResponderExcluir
  6. Oi adorei seu conto como posso ter essa oportunidade

    ResponderExcluir
  7. Eu queria tanto que minha esposa me corneace mais ela não quer nem ouvir falar niso eu também queria dar sou virgem 4195627337

    ResponderExcluir
  8. Eu queria tanto que minha esposa me corneace mais ela não quer nem ouvir falar niso eu também queria dar sou virgem 4195627337

    ResponderExcluir
  9. Adorei seu conto, você é uma coroa muito bonita e gostosa. Bjs!!!

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu conto, você é uma coroa muito bonita e gostosa. Bjs!!!

    ResponderExcluir
  11. mulheres que queiram muito sexo e prazer e so entrar em contato no meu whats irei as pressas 11949783888

    ResponderExcluir
  12. mulheres que queiram muito sexo e prazer e so entrar em contato no meu whats irei as pressas 11949783888

    ResponderExcluir
  13. Adorei seu conto, parece ser maravilhosa. Se quiser manter contato: marcelopes-10@hotmail.com

    ResponderExcluir